Projeto comunitário

Trabalhar com confiança

O facto de a Satocao ter conseguido impor-se no mercado São-tomense deve-se de um modo particular ao desenvolvimento de pólos de excelência baseados em comunidades autónomas, com capacidade para fornecer um cacau dentro dos critérios de qualidade Satocao. Os pequenos e médios produtores são incentivados a agrupar-se ao nível de comunidades. Através dos serviços de apoio e de aconselhamento rural, de ações de formação técnica sobre a cultura do cacau, do acesso a material agrícola de qualidade e de ajudas pontuais, estes produtores são estimulados a reaprender a valorizar as suas plantações e a aplicar as melhores práticas de produção para obterem rapidamente os frutos do seu potencial.

Uma ajuda às comunidades

Hoje, é manifesto o desenvolvimento do potencial agronómico, organizacional e social da base de comunidades destinatárias do projeto.
Entre 2011 e 2015, 68 comunidades tornaram-se parceiras da sociedade, com um total de 3.000 produtores.
Em contrapartida, a Satocao propõe-lhes um preço motivador e estável, garantidamente superior ao praticado no mercado local. No caso de comunidades particularmente isoladas, que não poderiam de outro modo vender o seu cacau, a sociedade encarrega-se de fazer a recolha da produção. E, como sempre, a Satocao respeita os compromissos assumidos: no final de cada dia, nenhum agricultor fica com o seu cacau por vender.

A Satocao permite aos agricultores melhorarem os seus padrões de produção e de produtividade, através da combinação das práticas tradicionais com os processos mais modernos de qualidade e de controlo. A construção de viveiros e o relançamento das replantações estimula os pequenos e médios produtores a investir na cultura cacaueira, que lhes pertence, afinal, desde há muitas gerações. Todas as parcerias são analisadas e implementadas com estrito respeito pelas respectivas especificidades agronómicas e sociais.

História

Uma longa tradição
de cacau

Empresa Satocao

O envolvimento como cultura empresarial

As nossas plantações

Um pólo de
excelência

Projeto comunitário

Pequenos e médios
produtores

satocao logo