Empresa Satocao

O envolvimento como cultura empresarial

Suportada por um investimento de mais de 12 milhões de euros, a sociedade foi fundada sobre dois eixos principais: a replantação de mais de 2.500 hectares de cacaueiros e o apoio ativo aos pequenos e médios produtores.
Pela primeira vez desde há décadas, as plantações abandonadas serão reabilitadas e replantadas de maneira tradicional, demonstrando também um empenhamento muito rigoroso com a proteção ambiental.

Desenvolvimento das capacidades locais

Com ancestrais raízes de gerações na cultura cacaueira, a Satocao implementou um projeto comunitário, para acesso e domínio das técnicas de produção pelos pequenos e médios produtores de cacau. Com uma equipa de mais de 215 colaboradores, sendo mais de 99% dos empregados São-tomenses.
O sucesso da Satocao passa por esta abordagem, em que cada um se pode desenvolver individualmente e onde os pólos humanos autónomos fornecem a base para um cacau de excelência.

Cacaos d’excellence

A Satocao produz cacau comercial seco de qualidade superior, exportado depois para as grandes empresas chocolateiras internacionais.

O cacau é proveniente de duas fontes

As plantações da Satocao exploradas em regime de concessões atribuídas pelo Governo São-tomense.
Pequenos e médios produtores da ilha de São Tomé, a quem a Satocao compra o cacau em goma para posterior transformação.

Graças aos conhecimentos e experiência dos produtores e do seu ambiente natural, a Satocao é hoje um ator fundamental no desenvolvimento rural em São Tomé e Príncipe

História

Uma longa tradição
de cacau

Empresa Satocao

O envolvimento como cultura empresarial

As nossas plantações

Um pólo de
excelência

Projeto comunitário

Pequenos e médios
produtores

satocao logo